Todas as variáveis envolvidas no shape de uma prancha de surf dependem do surfista, das ondas que ele pretende surfar e como ele pretende surfá-las. O volume não é exceção. Ele é o resultado das variações de largura e espessura ao longo de todo o comprimento da prancha.

CALCULE O SEU VOLUME

Volume é a dimensão cúbica de um objeto. Quantos litros (cm³) ele possui. Essa medida ajuda a determinar a flutuabilidade (empuxo, princípio de Arquimedes) e afeta diretamente o comportamento da prancha, de acordo com o peso do surfista.

Apesar de extremamente importante, o volume não é uma medida exata para cada pessoa. O fato de um surfista utilizar uma prancha com “x” litros, não significa que ele não possa se sentir tão bem ou melhor com um pouco mais ou menos volume, dependendo do modelo em questão.

PESO E ALTURA

Os primeiros fatores a serem considerados são o peso e a altura do surfista. Obviamente, um surfista maior requer mais volume que um menor. Da mesma forma, surfistas que exercem bastante pressão nas manobras necessitam de mais volume em relação aos que têm a pisada mais leve.

VELOCIDADE

A próxima consideração é a velocidade, força e tamanho das ondas a serem surfadas. Em baixas velocidades, em ondas fracas e pequenas, é mais fácil lidar com o excesso de volume. Em ondas mais fortes, cavadas e rápidas, o volume deve ser suficiente para permitir a entrada na onda, mas deve ser balanceado para que a prancha permaneça na água em altas velocidades. Volume adequado é importante em qualquer condição, mas é primordial em ondas fortes e rápidas.

HABILIDADE E PERFORMANCE

O último fator que deve ser levado em conta é a abordagem do surfista para as ondas. Quanto maior o nível de habilidade e mais crítica for a performance, menor será a tolerância em relação ao volume adequado. Quanto menor o nível de habilidade e o comprometimento com a radicalidade das manobras, maior será esse limite de variação. É importante notar que essa tolerância, principalmente para os iniciantes, ocorre para o caso de volume em excesso e em falta. A quantidade correta pode elevar a performance de surfistas de qualquer nível de habilidade.

CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

Feitas essas considerações, resta-nos a mais básica teoria, que se aplica a todas as situações: Se houver volume em excesso em sua prancha, você irá desenvolver grande velocidade, pois estará sempre planando acima da água, mas perderá controle, pois simplesmente não será possível utilizar as bordas dentro da água durante as curvas. Se você estiver surfando com volume abaixo do ideal, as bordas entrarão na água, mas ficarão sobrecarregadas e trarão dificuldades para gerar velocidade. Quando estiver utilizando um volume correto e bem distribuído, será mais fácil pressionar e aliviar as bordas, balanceando velocidade e controle.

0